Biografia de Jean Travot

n: 7 de Janeiro de 1767, em Poligny (França)
m: 7 de Janeiro de 1836, em Chaillot [Paris] (França)

Soldado em 1784 no regimento de Infantaria de Enghien, licenciado em 1786, realista-se no ano seguinte sendo cabo em 1788, sendo novamente licenciado em 1789; eleito major de um batalhão de Voluntários em 1791, é tenente coronel em 1793. Combate na fronteira do Reno, no começo da Guerra, sendo transferido para o exército que combate os monárquicos franceses no Oeste da França. Promovido a general de Brigada em Março de 1796, captura alguns dias depois o célebre Charette, chefe dos insurrectos. Em 1805 é general de Divisão, sendo nomeado comandante do campo móvel de de Napoléon-Vendée em Fevereiro de 1807.
Comanda a 3ª Divisão do 1º Corpo de Observação da Gironda que invade Portugal em Novembro de 1807. Regressado a França com o exército francês, serve sobretudo no interior, sendo Barão do Império em 1813. Em 1814, participa sob as ordens de Soult na batalha de Toulouse. Durante os Cem Dias é encarregue de manter a ordem na Vendeia, derrotando os monárquicos em vários reencontros. Preso em 1816 é condenado à morte por um tribunal de guerra, mas a sua pena é comutada em 20 anos de detenção. Enloquece pouco tempo depois, morrendo numa casa de saúde de Chaillot.

Fonte:
Jean Tulard e outros,
Histoire et Dictionnaire du Consulat et de l'Empire, 
Paris, Laffont, 1995. 
0